psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2
psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2
psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2

Orientação: Desafios e Sobrecargas

Orientação: Desafios e Sobrecargas

Estratégias de enfrentamento de desafios e sobrecargas. 

Nossa jornada emocional e física pode ser comparada a uma viagem pelo mundo natural, com diferentes paisagens.

  1. Estado Sem Ameaça – Como um Dia Ensolarado em um Jardim Tranquilo: Este estado é comparável a estar em um jardim sereno sob o sol. Aqui, você vivencia relaxamento e envolvimento social saudável, refletindo um ambiente de segurança e conexão. Nesse estado, respostas sociais, como a comunicação e a empatia, emergem naturalmente.
  2. Estado sob Ameaça, Primeira Reação – Como uma Tempestade Repentina no Céu: Imagine que o céu tranquilo subitamente se enche de nuvens tempestuosas. Quando percebemos uma ameaça, nosso corpo mobiliza-se para a reação de luta ou fuga, de maneira similar à reação dos animais diante de um predador iminente. O sistema nervoso simpático ativa-se, elevando a frequência cardíaca e a respiração, preparando-nos para a ação, assim como as árvores que balançam fortemente ao vento. Essa reação, conhecida como “Luta ou Fuga”, envolve a liberação de energia e um estado de espírito mais ansioso, preparando-nos para confrontar a ameaça ou fugir dela.
  3. Estado sob Ameaça Continuada – Como a Inércia do Inverno: Quando a ameaça é prolongada ou intensa e a reação de luta ou fuga não oferece resolução, entramos em um estado de ‘imobilização tônica’, que pode ser comparado ao inverno, período em que tudo na natureza desacelera. Neste estado, nosso metabolismo e tônus muscular reduzem, resultando em uma resposta de imobilidade, semelhante à hibernação de um animal durante um inverno rigoroso. Aqui, o organismo entra em um modo de economia de recursos, e a sensação predominante é a de uma significativa falta de energia, ânimo ou disposição..

Atividades para Facilitar o Estado Sem Ameaça:

  • Mindfulness: Como observar as ondas do mar, trazendo foco ao momento presente.
  • Expressão Criativa: Permita que sua criatividade flua como um rio em uma floresta, seja pintando ou dançando.
  • Autocompaixão: Abrace-se com a ternura de um abraço caloroso.
  • Respiração Profunda: Respire profundamente como se estivesse no topo de uma montanha, sentindo o ar puro.
  • Yoga: Movimente-se com a suavidade de uma brisa, combinando respiração e atenção plena.
  • Relaxamento Guiado: Siga orientações relaxantes, como se estivesse sendo guiado por uma trilha tranquila.
  • Automassagem: Libere tensões como se estivesse suavizando as ondas do oceano.
  • Hobbies e Interesses Pessoais: Dedique-se a atividades que trazem alegria, como um artista em seu estúdio.
  • Visualização Criativa: Imagine cenários pacíficos, como um pintor visualizando um quadro.
  • Espaço de Autocuidado: Crie um refúgio para momentos de paz, como um canto tranquilo em um jardim.
  • Banho Relaxante: Mergulhe em um banho como se estivesse em águas termais naturais.
  • Prática da Gratidão: Reflita sobre as bênçãos da vida, como alguém contemplando um belo pôr do sol.
  • Tempo na Natureza: Conecte-se com a natureza, sentindo a terra e o céu.
  • Autoreflexão: Reserve momentos para introspecção, como um explorador em busca de novos horizontes.
  • Cantar e Declamar Letras de Música: Cantar, seja no carro, no chuveiro ou em casa, promove a liberação de endorfinas, combatendo o estresse e a ansiedade. Alternativamente, declamar letras de músicas de forma rítmica e consciente pode ajudar a focar a mente, reduzindo pensamentos ansiosos.

Cada estado e estratégia é como um instrumento em seu kit de navegação emocional, ajudando-o a viajar pelos diversos climas da vida com maior facilidade e resiliência.

Dr Cyro Masci - autor 1
Autor: Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738
Psiquiatria Integrativa

Orientação: Desafios e Sobrecargas

Orientação: Desafios e Sobrecargas

Estratégias de enfrentamento de desafios e sobrecargas. 

Nossa jornada emocional e física pode ser comparada a uma viagem pelo mundo natural, com diferentes paisagens.

  1. Estado Sem Ameaça – Como um Dia Ensolarado em um Jardim Tranquilo: Este estado é comparável a estar em um jardim sereno sob o sol. Aqui, você vivencia relaxamento e envolvimento social saudável, refletindo um ambiente de segurança e conexão. Nesse estado, respostas sociais, como a comunicação e a empatia, emergem naturalmente.
  2. Estado sob Ameaça, Primeira Reação – Como uma Tempestade Repentina no Céu: Imagine que o céu tranquilo subitamente se enche de nuvens tempestuosas. Quando percebemos uma ameaça, nosso corpo mobiliza-se para a reação de luta ou fuga, de maneira similar à reação dos animais diante de um predador iminente. O sistema nervoso simpático ativa-se, elevando a frequência cardíaca e a respiração, preparando-nos para a ação, assim como as árvores que balançam fortemente ao vento. Essa reação, conhecida como “Luta ou Fuga”, envolve a liberação de energia e um estado de espírito mais ansioso, preparando-nos para confrontar a ameaça ou fugir dela.
  3. Estado sob Ameaça Continuada – Como a Inércia do Inverno: Quando a ameaça é prolongada ou intensa e a reação de luta ou fuga não oferece resolução, entramos em um estado de ‘imobilização tônica’, que pode ser comparado ao inverno, período em que tudo na natureza desacelera. Neste estado, nosso metabolismo e tônus muscular reduzem, resultando em uma resposta de imobilidade, semelhante à hibernação de um animal durante um inverno rigoroso. Aqui, o organismo entra em um modo de economia de recursos, e a sensação predominante é a de uma significativa falta de energia, ânimo ou disposição..

Atividades para Facilitar o Estado Sem Ameaça:

  • Mindfulness: Como observar as ondas do mar, trazendo foco ao momento presente.
  • Expressão Criativa: Permita que sua criatividade flua como um rio em uma floresta, seja pintando ou dançando.
  • Autocompaixão: Abrace-se com a ternura de um abraço caloroso.
  • Respiração Profunda: Respire profundamente como se estivesse no topo de uma montanha, sentindo o ar puro.
  • Yoga: Movimente-se com a suavidade de uma brisa, combinando respiração e atenção plena.
  • Relaxamento Guiado: Siga orientações relaxantes, como se estivesse sendo guiado por uma trilha tranquila.
  • Automassagem: Libere tensões como se estivesse suavizando as ondas do oceano.
  • Hobbies e Interesses Pessoais: Dedique-se a atividades que trazem alegria, como um artista em seu estúdio.
  • Visualização Criativa: Imagine cenários pacíficos, como um pintor visualizando um quadro.
  • Espaço de Autocuidado: Crie um refúgio para momentos de paz, como um canto tranquilo em um jardim.
  • Banho Relaxante: Mergulhe em um banho como se estivesse em águas termais naturais.
  • Prática da Gratidão: Reflita sobre as bênçãos da vida, como alguém contemplando um belo pôr do sol.
  • Tempo na Natureza: Conecte-se com a natureza, sentindo a terra e o céu.
  • Autoreflexão: Reserve momentos para introspecção, como um explorador em busca de novos horizontes.
  • Cantar e Declamar Letras de Música: Cantar, seja no carro, no chuveiro ou em casa, promove a liberação de endorfinas, combatendo o estresse e a ansiedade. Alternativamente, declamar letras de músicas de forma rítmica e consciente pode ajudar a focar a mente, reduzindo pensamentos ansiosos.

Cada estado e estratégia é como um instrumento em seu kit de navegação emocional, ajudando-o a viajar pelos diversos climas da vida com maior facilidade e resiliência.

Dr Cyro Masci - autor 1
Autor: Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738

RECURSOS PARA PACIENTES

RECURSOS PARA PACIENTES

OUTROS DESTAQUES

Go to Top