psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2
psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2
psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2

Orientação: hipoglicemia reativa

Orientação: hipoglicemia reativa

Imagine o corpo como uma rede elétrica complexa, onde o açúcar no sangue é a energia que a alimenta. A hipoglicemia reativa é semelhante a uma queda de voltagem nessa rede, ocorrendo quando os níveis de açúcar despencam inesperadamente após as refeições, como um blecaute depois de um pico de energia. Para manter essa rede estável e funcional, uma estratégia dietética inteligente é essencial. O objetivo é evitar os picos de voltagem (altos níveis de açúcar no sangue) seguidos por quedas abruptas. Aqui estão algumas orientações alimentares:

  1. Refeições Regulares como Estabilizadores de Tensão: Assim como um estabilizador mantém a tensão elétrica constante, refeições regulares ajudam a manter um nível constante de glicose no sangue. Coma a cada 3 a 4 horas para evitar oscilações abruptas.
  2. Lanches Inteligentes como Supressores de Picos: Entre as refeições, escolha lanches que atuem como supressores de picos elétricos, mantendo a glicemia estável. Sugestões:
    • Frutas Frescas como Fontes de Energia Gradual: Prefira frutas com um índice glicêmico mais baixo, que liberam energia de forma mais gradual, como pequenas baterias recarregando o sistema.
    • Nozes e Sementes como Reguladores de Corrente: São como dispositivos que ajudam a regular a corrente elétrica, oferecendo gorduras saudáveis e proteínas que mantêm a saciedade.
    • Iogurte Natural como Condutor Estável: Funciona como um condutor de energia estável, especialmente quando combinado com frutas ou nozes.
    • Vegetais e Hummus como Isolantes Elétricos: Eles atuam como isolantes, prevenindo picos rápidos de açúcar no sangue.
    • Queijos Magros como Fonte de Energia Controlada: Oferecem uma liberação controlada de energia, semelhante a um gerador eficiente.
    • Barras de Cereais Caseiras como Alternativas de Energia Sustentável: Prefira as caseiras às comerciais, evitando os picos de energia provenientes de açúcares adicionados.
  3. Carboidratos de Baixo Índice Glicêmico como Fontes de Energia Renovável: Estes são como fontes de energia renovável, fornecendo energia de forma sustentável sem causar sobrecargas.
  4. Combinação Estratégica de Carboidratos, Proteínas e Gorduras: É como manter um equilíbrio na rede elétrica, estabilizando a distribuição de energia e evitando oscilações.
  5. Fibras como Moduladores de Fluxo: Alimentos ricos em fibras ajudam a regular o fluxo de energia (açúcar no sangue), semelhante a um sistema de modulação de corrente elétrica.
  6. Limitar Alimentos Processados e Açucarados como Prevenção de Sobrecargas: Evitar estes alimentos é como prevenir sobrecargas na rede, protegendo o sistema de picos de energia não saudáveis.
  7. Café da Manhã como Gerador de Partida: Um café da manhã balanceado inicia o dia estabilizando a energia corporal, como ligar um gerador ao amanhecer.
  8. Hidratação como Manutenção da Rede: A água é essencial para manter a rede (corpo) em bom funcionamento, evitando falhas no sistema.

Assim como uma rede elétrica precisa de manutenção e operação cuidadosa para funcionar sem interrupções, o corpo requer uma dieta equilibrada para manter os níveis de açúcar no sangue estáveis. Cada escolha alimentar é como um ajuste na rede elétrica do seu corpo, visando um funcionamento harmonioso e constante

Recursos adiconais:

Livro de Receitas de Baixo ìndice Glicêmico, disponível na Amazon, clique aqui

Livro Hypoglycemia For Dummies (Em inglês), disponível na Amazon, clique aqui

Dr Cyro Masci - autor 1
Autor: Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738
Psiquiatria Integrativa

Orientação: hipoglicemia reativa

Orientação: hipoglicemia reativa

Imagine o corpo como uma rede elétrica complexa, onde o açúcar no sangue é a energia que a alimenta. A hipoglicemia reativa é semelhante a uma queda de voltagem nessa rede, ocorrendo quando os níveis de açúcar despencam inesperadamente após as refeições, como um blecaute depois de um pico de energia. Para manter essa rede estável e funcional, uma estratégia dietética inteligente é essencial. O objetivo é evitar os picos de voltagem (altos níveis de açúcar no sangue) seguidos por quedas abruptas. Aqui estão algumas orientações alimentares:

  1. Refeições Regulares como Estabilizadores de Tensão: Assim como um estabilizador mantém a tensão elétrica constante, refeições regulares ajudam a manter um nível constante de glicose no sangue. Coma a cada 3 a 4 horas para evitar oscilações abruptas.
  2. Lanches Inteligentes como Supressores de Picos: Entre as refeições, escolha lanches que atuem como supressores de picos elétricos, mantendo a glicemia estável. Sugestões:
    • Frutas Frescas como Fontes de Energia Gradual: Prefira frutas com um índice glicêmico mais baixo, que liberam energia de forma mais gradual, como pequenas baterias recarregando o sistema.
    • Nozes e Sementes como Reguladores de Corrente: São como dispositivos que ajudam a regular a corrente elétrica, oferecendo gorduras saudáveis e proteínas que mantêm a saciedade.
    • Iogurte Natural como Condutor Estável: Funciona como um condutor de energia estável, especialmente quando combinado com frutas ou nozes.
    • Vegetais e Hummus como Isolantes Elétricos: Eles atuam como isolantes, prevenindo picos rápidos de açúcar no sangue.
    • Queijos Magros como Fonte de Energia Controlada: Oferecem uma liberação controlada de energia, semelhante a um gerador eficiente.
    • Barras de Cereais Caseiras como Alternativas de Energia Sustentável: Prefira as caseiras às comerciais, evitando os picos de energia provenientes de açúcares adicionados.
  3. Carboidratos de Baixo Índice Glicêmico como Fontes de Energia Renovável: Estes são como fontes de energia renovável, fornecendo energia de forma sustentável sem causar sobrecargas.
  4. Combinação Estratégica de Carboidratos, Proteínas e Gorduras: É como manter um equilíbrio na rede elétrica, estabilizando a distribuição de energia e evitando oscilações.
  5. Fibras como Moduladores de Fluxo: Alimentos ricos em fibras ajudam a regular o fluxo de energia (açúcar no sangue), semelhante a um sistema de modulação de corrente elétrica.
  6. Limitar Alimentos Processados e Açucarados como Prevenção de Sobrecargas: Evitar estes alimentos é como prevenir sobrecargas na rede, protegendo o sistema de picos de energia não saudáveis.
  7. Café da Manhã como Gerador de Partida: Um café da manhã balanceado inicia o dia estabilizando a energia corporal, como ligar um gerador ao amanhecer.
  8. Hidratação como Manutenção da Rede: A água é essencial para manter a rede (corpo) em bom funcionamento, evitando falhas no sistema.

Assim como uma rede elétrica precisa de manutenção e operação cuidadosa para funcionar sem interrupções, o corpo requer uma dieta equilibrada para manter os níveis de açúcar no sangue estáveis. Cada escolha alimentar é como um ajuste na rede elétrica do seu corpo, visando um funcionamento harmonioso e constante

Recursos adiconais:

Livro de Receitas de Baixo ìndice Glicêmico, disponível na Amazon, clique aqui

Livro Hypoglycemia For Dummies (Em inglês), disponível na Amazon, clique aqui

Dr Cyro Masci - autor 1
Autor: Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738

RECURSOS PARA PACIENTES

RECURSOS PARA PACIENTES

OUTROS DESTAQUES

Go to Top