psiquiatra em sao paulo - logo 100-2

Psicossomática

Emoções e Doenças

Nosso cérebro responde a tudo que acontece tanto ao nosso redor (as situações e fatos) como também internamente (nossas vivências). Essa resposta produz uma variedade de sentimentos e emoções. E esse conjunto de vivências desencadeia uma série de mudanças no corpo, especialmente liberação de cortisol, alterando a capacidade de equilibrio e harmonia entre os diversos órgãos e sistemas.

Ciclo Vicioso da Psicossomática

Várias abordagens médicas buscam modificar essa situação, como a Psicossomática, a Medicina Mente e Corpo ou a Medicina de Comportamento. Cada abordagem possui vantagens que, quando aplicadas de maneira integrada, facilitam o controle dos sintomas e o processo de cura.

Para saber se você possui uma enfermidade ou transtorno que é influenciado pelas emoções, e que poderia se beneficiar dessas abordagens, pergunte-se:

Psicossomática Emoções e doenças

O resultado final é que essas alterações facilitam, desencadeiam ou pioram vários sintomas orgânicos e doenças. E esses sintomas e doenças provocam novas alterações no organismo que exigem novas respostas do cérebro, que por sua vez promovem novos sintomas ou doenças, fechando um cíclo vicioso (veja ilustração).

Transtornos Funcionais

Antes que uma doença se torne aparente muitas vezes ocorrem alterações nas funções do organismo, as Alterações Funcionais, que sugerem quebra no equilíbrio e perda de vitalidade.

Abaixo segue uma lista de alguns sintomas que podem estar indicando alterações no equilíbrio biológico, estão associados a Transtornos Funcionais. Muito importante, qualquer um deles pode ser indicativo de enfermidade, sendo imprescindível um diagnóstico médico para esclarecer se é um sinal de transtorno funcional, sem lesão, ou se já se trata de doença instalada. Confira:

Ciclo Vicioso da Psicossomática
  • A doença piora ou melhora com meu estado emocional?

  • Quando estou ansioso, triste, preocupado ou com raiva ocorre piora dos sintomas?

Se a resposta for sim, é bem provável que as abordagens de Psicossomática, Medicina Mente e Corpo e Medicina de Comportamento sejam indicadas.

Além dessas peguntas básicas, perceba que algumas doenças e disfunções são habitualmente influenciadas pelas emoções, tais como:

  • Sintomas dolorosos como: fibromialgia, dores de cabeça (enxaqueca, cefaléia por tensão emocional), artrite e reumatismo;

  • Sintomas musculares: como tensão e contração crônica muscular, fisgadas nas pálpebras;

  • Sintomas gastro-intestinais: como síndrome do intestino irritável, colite e reto colite, gastrite e úlcera, diarréia ou prisão de ventre;

  • Sintomas na pele: como coceira, ardência ou formigamentos sem motivo aparente, formas crônicas de urticária, psoríase, dermatite atópica, acne, líquen simples crônico, hiper-hidrose;

  • Sintomas no tórax: como sensação de aperto no peito, falta de ar ou sufocamento;

  • Sintomas na sexualidade: como redução do desejo sexual, impotência;

  • Sintomas ginecológicos: como tensão pré menstrual, dificuldade em engravidar, alterações no ciclo menstrual;

  • Labirintite emocional: com tontura emocional, zumbido, sensação de desequilíbrio, sensação de ouvido entupido, redução por pouco tempo na audição.

  • A oleosidade de meu cabelo mudou nos últimos tempos (ficou ou mais seco ou mais oleoso)
  • Adormecimento em partes do corpo
  • Ando mais cansado do que o habitual.
  • Apareceram zumbidos/tinidos no ouvido
  • Crises de palpitações/batedeira no coração
  • Diarreias mais frequentes que o habitual
  • Dificuldade de respirar – o ar parece que não entra
  • Estou com impaciência maior que o habitual.
  • Estou mais lento que o habitual
  • Fico irritado ou impaciente por pequenos motivos
  • Fico mal-humorado com pequenos aborrecimentos.
  • Formigamento ou adormecimento em partes do corpo
  • Hipertensão arterial passageira, crises de pressão alta.
  • Me pego subitamente assustado sem nenhuma razão
  • Me surpreendo com os ombros levantados, tenso
  • Meu cabelo está caindo mais que o habitual
  • Meu sono anda agitado ou perturbado ou interrompido
  • Meus olhos parecem cansados
  • Minha cicatrização em geral (gengiva, cortes, etc) é ruim
  • Minha comunicação com as pessoas parece tensa.
  • Minha memória em geral não está boa
  • Minha pele está mais flácida do que seria de se esperar
  • Minha resistência a infecções está baixa
  • Minhas unhas estão mais fracas que o habitual
  • Nó ou aperto na garganta
  • Percebo diminuição do interesse pelas atividades rotineiras.
  • Percebo que ando consumindo álcool em excesso
  • Percebo que estou apertando os meus dentes
  • Sinto angústia maior que o habitual.
  • Sinto ansiedade maior que o habitual.
  • Sinto apreensão quanto ao futuro exagerada.
  • Sinto desânimo maior que o habitual.
  • Sinto grande inquietação ou agitação interna.
  • Sinto náusea ou mal-estar estomacal ou digestão mais difícil que o habitual.
  • Sinto perda de interesse ou prazer sexual maior que o habitual.
  • Sinto pessimismo maior que o habitual.
  • Sinto pressão ou dores musculares (sem ter se machucado)
  • Sinto tristeza/depressão maior que o habitual.
  • Sinto uma insatisfação constante, como se alguma coisa estivesse errada ou faltando.
  • Sinto-me emocionalmente esgotado, tenho pouca resistência ou tolerância a situações problemáticas
  • Sinto-me fisicamente esgotado, tenho pouca energia
  • Tenho explosões emocionais que não consigo controlar
  • Tenho que me esforçar para fazer qualquer coisa.
  • Tenho reações de raiva desproporcionais
  • Tenho tido dificuldade em adormecer
  • Tenho tido dificuldade em manter a atenção e/ou a concentração
  • Tenho tido dificuldade em tomar decisões.
  • Tenho tido dores de cabeça.
  • Tenho tido esquecimento maior que habitual
  • Tenho tido reações de sobressalto
  • Tenho tido tremores nas pálpebras dos olhos (fisgadas ou repuxões)
  • Tontura, flutuação ou uma estranha sensação de balanço.

Não existem respostas certas ou erradas, nem algum tipo de pontuação. O objetivo é auxiliar a localizar melhor suas necessidades e perceber com mais clareza se a nossa abordagem pode ser útil a você. Quanto mais respostas positivas (e sem doença que justifique o sintoma) maiores as chances de que exista um transtorno funcional, que ainda não ocasionou danos aos tecidos, e que irá se beneficiar de uma abordagem integral e individualizada.

Emoções e Doenças

Nosso cérebro responde a tudo que acontece tanto ao nosso redor (as situações e fatos) como também internamente (nossas vivências). Essa resposta produz uma variedade de sentimentos e emoções. E esse conjunto de vivências desencadeia uma série de mudanças no corpo, especialmente liberação de cortisol, alterando a capacidade de equilibrio e harmonia entre os diversos órgãos e sistemas.

Psicossomática Emoções e doenças

O resultado final é que essas alterações facilitam, desencadeiam ou pioram vários sintomas orgânicos e doenças. E esses sintomas e doenças provocam novas alterações no organismo que exigem novas respostas do cérebro, que por sua vez promovem novos sintomas ou doenças, fechando um cíclo vicioso (veja ilustração).

Transtornos Funcionais

Antes que uma doença se torne aparente muitas vezes ocorrem alterações nas funções do organismo, as Alterações Funcionais, que sugerem quebra no equilíbrio e perda de vitalidade.

  • A oleosidade de meu cabelo mudou nos últimos tempos (ficou ou mais seco ou mais oleoso)
  • Adormecimento em partes do corpo
  • Ando mais cansado do que o habitual.
  • Apareceram zumbidos/tinidos no ouvido
  • Crises de palpitações/batedeira no coração
  • Diarreias mais frequentes que o habitual
  • Dificuldade de respirar – o ar parece que não entra
  • Estou com impaciência maior que o habitual.
  • Estou mais lento que o habitual
  • Fico irritado ou impaciente por pequenos motivos
  • Fico mal-humorado com pequenos aborrecimentos.
  • Formigamento ou adormecimento em partes do corpo
  • Hipertensão arterial passageira, crises de pressão alta.
  • Me pego subitamente assustado sem nenhuma razão
  • Me surpreendo com os ombros levantados, tenso
  • Meu cabelo está caindo mais que o habitual
  • Meu sono anda agitado ou perturbado ou interrompido
  • Meus olhos parecem cansados
  • Minha cicatrização em geral (gengiva, cortes, etc) é ruim
  • Minha comunicação com as pessoas parece tensa.
  • Minha memória em geral não está boa
  • Minha pele está mais flácida do que seria de se esperar
  • Minha resistência a infecções está baixa
  • Minhas unhas estão mais fracas que o habitual
  • Nó ou aperto na garganta
  • Percebo diminuição do interesse pelas atividades rotineiras.
  • Percebo que ando consumindo álcool em excesso
  • Percebo que estou apertando os meus dentes
  • Sinto angústia maior que o habitual.
  • Sinto ansiedade maior que o habitual.
  • Sinto apreensão quanto ao futuro exagerada.
  • Sinto desânimo maior que o habitual.
  • Sinto grande inquietação ou agitação interna.
  • Sinto náusea ou mal-estar estomacal ou digestão mais difícil que o habitual.
  • Sinto perda de interesse ou prazer sexual maior que o habitual.
  • Sinto pessimismo maior que o habitual.
  • Sinto pressão ou dores musculares (sem ter se machucado)
  • Sinto tristeza/depressão maior que o habitual.
  • Sinto uma insatisfação constante, como se alguma coisa estivesse errada ou faltando.
  • Sinto-me emocionalmente esgotado, tenho pouca resistência ou tolerância a situações problemáticas
  • Sinto-me fisicamente esgotado, tenho pouca energia
  • Tenho explosões emocionais que não consigo controlar
  • Tenho que me esforçar para fazer qualquer coisa.
  • Tenho reações de raiva desproporcionais
  • Tenho tido dificuldade em adormecer
  • Tenho tido dificuldade em manter a atenção e/ou a concentração
  • Tenho tido dificuldade em tomar decisões.
  • Tenho tido dores de cabeça.
  • Tenho tido esquecimento maior que habitual
  • Tenho tido reações de sobressalto
  • Tenho tido tremores nas pálpebras dos olhos (fisgadas ou repuxões)
  • Tontura, flutuação ou uma estranha sensação de balanço.

Não existem respostas certas ou erradas, nem algum tipo de pontuação. O objetivo é auxiliar a localizar melhor suas necessidades e perceber com mais clareza se a nossa abordagem pode ser útil a você. Quanto mais respostas positivas (e sem doença que justifique o sintoma) maiores as chances de que exista um transtorno funcional, que ainda não ocasionou danos aos tecidos, e que irá se beneficiar de uma abordagem integral e individualizada.

Ciclo Vicioso da Psicossomática

Várias abordagens médicas buscam modificar essa situação, como a Psicossomática, a Medicina Mente e Corpo ou a Medicina de Comportamento. Cada abordagem possui vantagens que, quando aplicadas de maneira integrada, facilitam o controle dos sintomas e o processo de cura.

Para saber se você possui uma enfermidade ou transtorno que é influenciado pelas emoções, e que poderia se beneficiar dessas abordagens, pergunte-se:

Ciclo Vicioso da Psicossomática
  • A doença piora ou melhora com meu estado emocional?

  • Quando estou ansioso, triste, preocupado ou com raiva ocorre piora dos sintomas?

Se a resposta for sim, é bem provável que as abordagens de Psicossomática, Medicina Mente e Corpo e Medicina de Comportamento sejam indicadas.

Além dessas peguntas básicas, perceba que algumas doenças e disfunções são habitualmente influenciadas pelas emoções, tais como:

  • Sintomas dolorosos como: fibromialgia, dores de cabeça (enxaqueca, cefaléia por tensão emocional), artrite e reumatismo;

  • Sintomas musculares: como tensão e contração crônica muscular, fisgadas nas pálpebras;

  • Sintomas gastro-intestinais: como síndrome do intestino irritável, colite e reto colite, gastrite e úlcera, diarréia ou prisão de ventre;

  • Sintomas na pele: como coceira, ardência ou formigamentos sem motivo aparente, formas crônicas de urticária, psoríase, dermatite atópica, acne, líquen simples crônico, hiper-hidrose;

  • Sintomas no tórax: como sensação de aperto no peito, falta de ar ou sufocamento;

  • Sintomas na sexualidade: como redução do desejo sexual, impotência;

  • Sintomas ginecológicos: como tensão pré menstrual, dificuldade em engravidar, alterações no ciclo menstrual;

  • Labirintite emocional: com tontura emocional, zumbido, sensação de desequilíbrio, sensação de ouvido entupido, redução por pouco tempo na audição.

PSIQUIATRIA INTEGRATIVA

Dr. Cyro Masci

Dr Cyro - Psiquiatra SP

Médico Psiquiatra | Abordagem Integrativa
CREMESP: 39126 | Psiquiatra RQE CFM: 9738

OUTROS DESTAQUES

Clínica Legalizada

RT: Dr. Cyro Masci
CREMESP:39126 RQE:9738

clinica de psiquiatria em SP - selo certificado MED-BR

Informações de Contato

R. Tabapuã 41, cj 88 – Itaim Bibi – S. Paulo – SP
Telefone: (11) 5041-0996
Whatsapp: agendamento pelo whatsapp(11) 97641-5065
Estacionamento com manobrista
Localização no Google localização no mapa

1998 – 2021 © Dr. Cyro Masci | CREMESP: 39126 | RQE CFM: 9738 • Médico Psiquiatra

Go to Top