psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2
psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2
psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2

Vigor Emocional

Vigor Emocional

Responda depressa: como é a pessoa que consegue permanecer mais saudável em momentos de crise? Qual será o segredo dos que conseguem enfrentar situações de risco com baixo desgaste e alto rendimento pessoal?

Existem algumas características já conhecidas. Um traço de personalidade em comum com essas pessoas que conseguem diminuir o estresse das situações difíceis é que elas enxergam as exigências da vida como desafios e não como ameaças. Para essas pessoas, enfrentar problemas é um modo de se testar, de se colocar à prova, aprendendo mais e mais em cada situação difícil.

Cada desafio vencido (e vencer aqui pode significar errar e aprender com o erro!!) acrescenta alguns pontos na autoavaliação que cada pessoa realiza antes de enfrentar uma dificuldade. No geral, as pessoas têm uma opinião a respeito de seu próprio desempenho baseado especialmente em situações do passado. História pessoal de êxito gera energia para se enfrentar problemas e desafios. E essa energia aumenta os esforços de enfrentamento de dificuldades, aumentando as chances de se obter sucesso. E esse sucesso, como já disse, acrescenta uma visão pessoal de alta eficácia, aumentando as chances de novo sucesso futuro, e assim por diante.

Esse círculo virtuoso é muitas vezes acompanhado de um forte senso de estar no controle da situação. Num estudo controlado, ratos de laboratório foram submetidos a situações em que recebiam choques que não podiam evitar, e outro grupo em situações que possuíam “controle” da situação, e que assim podiam evitar o choque. Após um único dia de experimento, cada grupo recebeu injeções de uma substância que causa um tipo de tumor. Resultado: 73 % dos ratos que não tinham controle sobre a situação desenvolveram a doença, e apenas 37 % dos que tinham controle adoeceram.

Vários experimentos depois desse confirmaram o princípio de que o senso de que é possível agir, apesar das circunstâncias, previne doenças e melhora o desempenho. Ocupações que sistematicamente impedem que a pessoa tenha controle da situação provoca sobrecarga emocional, gerando tensão acumulada e doenças.

Outro traço em comum com as pessoas de alto desempenho em situações estressantes é que a maioria possui um forte compromisso com alguma coisa que para elas é significativo. Pode ser o próprio trabalho, a família, uma pessoa em particular ou a comunidade. Para essas pessoas, o senso de missão pessoal, o forte compromisso consigo mesmo em despender energia pessoal ao que considera digno e importante, é extraordinariamente motivador e capaz de fazer o indivíduo mover montanhas.

E não é apenas sua atitude pessoal que melhora seu desempenho com baixo desgaste. De modo significativo, a intensidade dos laços sociais com amigos, familiares, membros da comunidade, do trabalho e até mesmo de animais domésticos servem como verdadeiros colchões de amortecimento das dificuldades da vida.

Acredita-se que o contato social por si mesmo seja capaz de reduzir a sobrecarga emocional, sendo o fundamental que haja aceitação e apoio das pessoas que nos relacionamos. Portanto, compartilhar os sentimentos e emoções é de grande importância na eficácia pessoal.

Um laço social adequado e receptivo é fundamental, o que pode ser verificado nas pesquisas que demonstram que as pessoas casadas são no geral mais saudáveis que as solteiras. Entretanto, e antes que alguém tenha a brilhante ideia de exigir certidão de casamento junto do currículo profissional, convém saber que dificuldades no casamento não apenas anulam o fator saúde do laço social, mas também são por si só um fator de desgaste de tal monta que chega a alterar o sistema imunológico.

Mas que não se preocupem os solteiros convictos e solitários assumidos. Uma maneira de atingir os benefícios da convivência vem da possibilidade de compartilhar aquilo que está afligindo. Alguns estudos já conseguem identificar até mesmo as vantagens de se escrever num diário todos os sentimentos que acompanham os acontecimentos do dia a dia, sejam eles traumáticos e perturbadores ou de bem-estar e felicidade.

Dr Cyro Masci - autor 1
Autor: Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738
Psiquiatria Integrativa

Vigor Emocional

Vigor Emocional

Responda depressa: como é a pessoa que consegue permanecer mais saudável em momentos de crise? Qual será o segredo dos que conseguem enfrentar situações de risco com baixo desgaste e alto rendimento pessoal?

Existem algumas características já conhecidas. Um traço de personalidade em comum com essas pessoas que conseguem diminuir o estresse das situações difíceis é que elas enxergam as exigências da vida como desafios e não como ameaças. Para essas pessoas, enfrentar problemas é um modo de se testar, de se colocar à prova, aprendendo mais e mais em cada situação difícil.

Cada desafio vencido (e vencer aqui pode significar errar e aprender com o erro!!) acrescenta alguns pontos na autoavaliação que cada pessoa realiza antes de enfrentar uma dificuldade. No geral, as pessoas têm uma opinião a respeito de seu próprio desempenho baseado especialmente em situações do passado. História pessoal de êxito gera energia para se enfrentar problemas e desafios. E essa energia aumenta os esforços de enfrentamento de dificuldades, aumentando as chances de se obter sucesso. E esse sucesso, como já disse, acrescenta uma visão pessoal de alta eficácia, aumentando as chances de novo sucesso futuro, e assim por diante.

Esse círculo virtuoso é muitas vezes acompanhado de um forte senso de estar no controle da situação. Num estudo controlado, ratos de laboratório foram submetidos a situações em que recebiam choques que não podiam evitar, e outro grupo em situações que possuíam “controle” da situação, e que assim podiam evitar o choque. Após um único dia de experimento, cada grupo recebeu injeções de uma substância que causa um tipo de tumor. Resultado: 73 % dos ratos que não tinham controle sobre a situação desenvolveram a doença, e apenas 37 % dos que tinham controle adoeceram.

Vários experimentos depois desse confirmaram o princípio de que o senso de que é possível agir, apesar das circunstâncias, previne doenças e melhora o desempenho. Ocupações que sistematicamente impedem que a pessoa tenha controle da situação provoca sobrecarga emocional, gerando tensão acumulada e doenças.

Outro traço em comum com as pessoas de alto desempenho em situações estressantes é que a maioria possui um forte compromisso com alguma coisa que para elas é significativo. Pode ser o próprio trabalho, a família, uma pessoa em particular ou a comunidade. Para essas pessoas, o senso de missão pessoal, o forte compromisso consigo mesmo em despender energia pessoal ao que considera digno e importante, é extraordinariamente motivador e capaz de fazer o indivíduo mover montanhas.

E não é apenas sua atitude pessoal que melhora seu desempenho com baixo desgaste. De modo significativo, a intensidade dos laços sociais com amigos, familiares, membros da comunidade, do trabalho e até mesmo de animais domésticos servem como verdadeiros colchões de amortecimento das dificuldades da vida.

Acredita-se que o contato social por si mesmo seja capaz de reduzir a sobrecarga emocional, sendo o fundamental que haja aceitação e apoio das pessoas que nos relacionamos. Portanto, compartilhar os sentimentos e emoções é de grande importância na eficácia pessoal.

Um laço social adequado e receptivo é fundamental, o que pode ser verificado nas pesquisas que demonstram que as pessoas casadas são no geral mais saudáveis que as solteiras. Entretanto, e antes que alguém tenha a brilhante ideia de exigir certidão de casamento junto do currículo profissional, convém saber que dificuldades no casamento não apenas anulam o fator saúde do laço social, mas também são por si só um fator de desgaste de tal monta que chega a alterar o sistema imunológico.

Mas que não se preocupem os solteiros convictos e solitários assumidos. Uma maneira de atingir os benefícios da convivência vem da possibilidade de compartilhar aquilo que está afligindo. Alguns estudos já conseguem identificar até mesmo as vantagens de se escrever num diário todos os sentimentos que acompanham os acontecimentos do dia a dia, sejam eles traumáticos e perturbadores ou de bem-estar e felicidade.

Dr Cyro Masci - autor 1
Autor: Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738

Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738

otorrino em florianopolisVigor Emocional

OUTROS DESTAQUES

Go to Top