psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2
psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2
psiquiatra - dr cyro masci - logo transparente 2

Orientação: Memória e Gestão do tempo

Orientação: Memória e Gestão do tempo

A capacidade humana de armazenar, reter e recuperar informações define nossa memória.

Paralelamente, a atenção é a habilidade de focar em estímulos específicos ou tarefas, minimizando as distrações ao redor.

Estas habilidades cerebrais costumam ser afetadas por transtornos emocionais ou pela falta de bons hábitos cognitivos, como o modo que administramos as horas do dia, mesmo em pessoas sem diagnósticos clínicos.

Vejamos como podemos melhorar o uso da memória e a gestão do tempo.

Uso da Memória

A memória de curto prazo, também conhecida como memória operacional ou de trabalho, é especialmente vulnerável em contextos de transtornos emocionais.Esta forma de memória nos capacita a reter informações por períodos curtos, sendo essencial para atividades como seguir instruções detalhadas, compreender narrativas ou participar de diálogos. Dado que sua capacidade é limitada a aproximadamente 4 a 6 itens simultaneamente, gerenciá-la de maneira eficaz é de suma importância.

Para maximizar a eficiência da sua memória operativa, recomendam-se duas estratégias fundamentais:

  1. Anote tudo que deseja lembrar– Ao invés de sobrecarregar sua memória, opte por utilizar listas de tarefas, cadernos, post-its, Google Keep ou o bloco de notas do seu celular. Tal prática não somente diminui a pressão cognitiva, mas também ajuda a organizar suas obrigações e compromissos de forma clara e acessível.
  2. Consulte suas anotações com regularidade – Revisar o que foi anotado regularmente é vital para converter planos em ações concretas. Este costume garante que você não deixe passar nada e efetive as tarefas ou compromissos anotados.

Adotar essas abordagens simples, mas efetivas, contribui para a liberação de espaço mental para tarefas mais complexas e atividades criativas, promovendo uma gestão do tempo e dos recursos cognitivos mais eficiente.


Gestão do Tempo

Para tarefas que exigem atenção e concentração, a Técnica Pomodoro é um recurso valioso. Desenvolvida nos anos 90 por Francesco Cirillo, essa metodologia se baseia na divisão do trabalho em intervalos curtos e cronometrados, alternados com períodos de descanso.

A técnica propõe:

  • Trabalho focado por 25 minutos, seguido de
  • Pausa de 5 minutos para atividades leves como respirar, alongar-se ou beber água.

Após quatro ciclos, uma pausa mais extensa, de 15 a 30 minutos, é recomendada. Esse momento deve ser usado para se afastar do trabalho, praticar um alongamento mais completo ou, idealmente, uma sessão de mindfulness.

Essa estratégia não só potencializa a capacidade de manter o foco durante intervalos de tempo definidos, mas também eleva a produtividade ao mesmo tempo em que minimiza o cansaço físico e mental.

Informações Adicionais:

Para explorar mais sobre Deficit de Atenção, clique aqui

Para explorar mais sobre memória, atenção e concentração, clique aqui.

Para explorar mais sobre Mindfulness, clique aqui

Dr Cyro Masci - autor 1
Autor: Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738
Psiquiatria Integrativa

Orientação: Memória e Gestão do tempo

Orientação: Memória e Gestão do tempo

A capacidade humana de armazenar, reter e recuperar informações define nossa memória.

Paralelamente, a atenção é a habilidade de focar em estímulos específicos ou tarefas, minimizando as distrações ao redor.

Estas habilidades cerebrais costumam ser afetadas por transtornos emocionais ou pela falta de bons hábitos cognitivos, como o modo que administramos as horas do dia, mesmo em pessoas sem diagnósticos clínicos.

Vejamos como podemos melhorar o uso da memória e a gestão do tempo.

Uso da Memória

A memória de curto prazo, também conhecida como memória operacional ou de trabalho, é especialmente vulnerável em contextos de transtornos emocionais.Esta forma de memória nos capacita a reter informações por períodos curtos, sendo essencial para atividades como seguir instruções detalhadas, compreender narrativas ou participar de diálogos. Dado que sua capacidade é limitada a aproximadamente 4 a 6 itens simultaneamente, gerenciá-la de maneira eficaz é de suma importância.

Para maximizar a eficiência da sua memória operativa, recomendam-se duas estratégias fundamentais:

  1. Anote tudo que deseja lembrar– Ao invés de sobrecarregar sua memória, opte por utilizar listas de tarefas, cadernos, post-its, Google Keep ou o bloco de notas do seu celular. Tal prática não somente diminui a pressão cognitiva, mas também ajuda a organizar suas obrigações e compromissos de forma clara e acessível.
  2. Consulte suas anotações com regularidade – Revisar o que foi anotado regularmente é vital para converter planos em ações concretas. Este costume garante que você não deixe passar nada e efetive as tarefas ou compromissos anotados.

Adotar essas abordagens simples, mas efetivas, contribui para a liberação de espaço mental para tarefas mais complexas e atividades criativas, promovendo uma gestão do tempo e dos recursos cognitivos mais eficiente.


Gestão do Tempo

Para tarefas que exigem atenção e concentração, a Técnica Pomodoro é um recurso valioso. Desenvolvida nos anos 90 por Francesco Cirillo, essa metodologia se baseia na divisão do trabalho em intervalos curtos e cronometrados, alternados com períodos de descanso.

A técnica propõe:

  • Trabalho focado por 25 minutos, seguido de
  • Pausa de 5 minutos para atividades leves como respirar, alongar-se ou beber água.

Após quatro ciclos, uma pausa mais extensa, de 15 a 30 minutos, é recomendada. Esse momento deve ser usado para se afastar do trabalho, praticar um alongamento mais completo ou, idealmente, uma sessão de mindfulness.

Essa estratégia não só potencializa a capacidade de manter o foco durante intervalos de tempo definidos, mas também eleva a produtividade ao mesmo tempo em que minimiza o cansaço físico e mental.

Informações Adicionais:

Para explorar mais sobre Deficit de Atenção, clique aqui

Para explorar mais sobre memória, atenção e concentração, clique aqui.

Para explorar mais sobre Mindfulness, clique aqui

Dr Cyro Masci - autor 1
Autor: Dr. Cyro Masci
CREMESP 39126
Psiquiatra RQE CFM 9738

RECURSOS PARA PACIENTES

RECURSOS PARA PACIENTES

OUTROS DESTAQUES

Go to Top